Quinta-feira, Novembro 26, 2020
Atualidade Desportiva

Manual de Instruções para o Futebol Americano 2 – Fica a conhecer as equipas

Tudo pronto para a segunda ronda sobre a NFL? Prometo que desta vez vai ser mais soft. “Mais soft? Mas ó AI Nossa, o que é que queres dizer com isso??”

Se esta pergunta está na tua cabeça, é porque perdeste o post anterior….

Nos Estados Unidos existem 4 grandes ligas (Major Leagues): NFL, MLB, NBA, NHL (Futebol Americano, Basebol, Basquetebol e Hóquei no Gelo). E esta ordem não vem ao acaso. É por esta ordem que cada uma das ligas se situa em termos de grandeza, seja de adeptos seja de retorno financeiro. Assim só a título de curiosidade, os americanos fazem uma coisa muito engraçada com as suas ligas desportivas. Todas as ligas estão calendarizadas para se sobreporem ao mínimo umas às outras e assim aumentarem o número de receitas e de espectadores. Giro não é? Bem, vamos lá então.

Como disse, a NFL é a liga mais importante dos Estados Unidos e nasce da junção de duas conferências: A National Football Conference (NFC) e a American Football Conference (AFC).

Cada conferência tem quatro divisões e 32 equipas que disputam uma época regular de 16 jogos, onde se apuram 6 equipas para os playoffs (os campeões de cada equipa e dois wild-card). No final destes playoffs existe o palco mais desejado deste desporto: O Super Bowl. E quero fazer aqui mais um à parte amigos. Já ouvi várias vezes, e erradamente, pessoas a referirem-se ao Super Bowl como “A final do Super Bowl”. Isto acaba por ser redundante. “Bowl” é um termo utilizado para descrever um jogo de futebol americano. Sendo este jogo uma final em si, designa-se então por Super Bowl (Super jogo de Futebol Americano para os mais distraídos).

Super Bowl 2019 – Mercedes-Benz Stadium, Atlanta, Geórgia

Para teres uma melhor noção da atualidade desportiva do futebol americano, fiz um pequeno recap de como foi a temporada de 2019/2020:

Season Recap

Esta temporada foi a número 100 da competição. Bem antiga não achas? Para “comemorar” o jogo de abertura foi entre os dois rivais mais antigos da NFL: os Chicago Bears e os Green Bay Packers.

O campeão da temporada de 18/19, os New England Patriots, iniciou a competição com uma grande expectativa de ganhar nos playoffs e chegar ao Super Bowl. Mas esse sonho caiu por terra quando não passaram do primeiro jogo dos playoffs contra os Minnesota Vikings.

O Super Bowl acabou por ser disputado pelos Kansas City Chiefs e os San Francisco 49ers, onde os Chiefs levaram a melhor por 31-20.

Nesta temporada achava-se que para além dos Patriots e dos Chiefs, os Los Angeles Rams (finalistas da temporada passada), os New Orleans Saints e os Philadelphia Eagles também eram favoritos. Mas os 49ers foram a surpresa. E é esta a beleza do desporto: a imprevisibilidade. Já a minha beleza sabem qual é? Dar-vos dicas para as apostas desportivas. Isso e chanfana. Faço uma chanfana que nem vos passa.

Mas aqui parece que a imprevisibilidade está mais presente, também muito devido ao sistema desportivo americano (já lá vamos!). Por exemplo, nesta temporada os Baltimore Ravens fizeram uma época de “sonho” com 14 vitórias e apenas 2 derrotas, mas ao chegarem aos playoffs foram eliminados pelos Titans que eram os últimos na listagem dos playoffs, com uma derrota por 28-12. 

Só fazer aqui mais um à parte (eu gosto muito disto) para vos explicar o que quis dizer sobre o sistema desportivo americano. É que lá do outro lado do Atlântico as coisas são um pouco diferentes da Europa (e do resto do mundo em geral) em termos desportivos. Enquanto que na Europa a base dos desportos são os clubes, que têm os seus próprios sistemas de formação de atletas para depois os lançarem nas equipas principais, nos EUA a base são as universidades e o desporto universitário. Antes de entrarem nas ligas, normalmente os melhores jogadores jovens (cadetes ou prospects) entram numa universidade onde fazem uma carreira universitária mais ou menos curta, dependendo da qualidade do jogador (quanto mais qualidade tiver, mais rapidamente entra nas ligas principais) .

Podem achar que isto é coisa pouca mas são estádios cheios e transmissões televisivas exclusivas para estas ligas. Durante o seu percurso, os jogadores propõem-se (ou são convidados) para o Draft, e é aqui que as coisas começam a ter piada. Para evitar que as equipas que ganham continuem a ganhar sempre, retirando assim, na ótica do espectador comum, interesse ao desporto (se fores adepto da equipa que ganha se calhar não te importas, certo?) as ligas criaram o draft, onde os jogadores das ligas universitárias serão escolhidos pelas equipas, normalmente em ordem inversa à da classificação final. Ou seja, as equipas que ficam em último ficam com as primeiras escolhas do draft, tendo assim oportunidade de escolher os melhores jogadores. Eventualmente teve que ser criado um sistema de sorteio para o draft para que as equipas que estavam a ter uma má época não começassem a perder de propósito para terem as melhores escolhas no ano seguinte. Basicamente, tudo é feito em prol da competitividade. E parece-me que tem funcionado bem.

Bom mas cada temporada é uma temporada. Como em todos os desportos, as transferências (sim, também há transferências) e as mudanças de tática podem alterar por completo uma equipa. Então vamos lá ver aqui os palmarés de umas quantas equipas.

Dia de jogo para os Los Angeles Chargers

Equipas mais premiadas da NFL

Eu sei, eu sei, acabei de te dizer que a NFL é muito imprevisível e agora vou dizer-te equipas que ganham várias vezes o Super Bowl, um bocado contraditório não? Mas numa competição com 54 anos, onde 12 das 32 equipas nunca venceram, é normal que exista repetições.

Vamos lá ao que interessa, o Top 3 de equipas com títulos:

  1. New England Patriots- A equipa de Massachusetts que joga na AFC, é a equipa com mais títulos da NFL. São 6 títulos no palmarés da equipa. Apesar de ser uma liga centenária, as conquistas dos Patriots são algo relativamente recente (nas últimas duas décadas). Dizem que estas conquistas se devem a dois grandes nomes: Bill Belichick (treinador) e Tom Brady (Quarterback).
  • Pittsburgh Steelers- Como os Patriots, os Steelers, da Pensilvânia, também contam com 6 títulos de Super Bowl conquistados. Porém, contrariamente aos Patriots que têm vitórias relativamente recentes, a equipa de Pittsburgh conquistou 4 dos seus títulos na década de 70. Os outros dois títulos são de 2006 e 2009. Os Steelers são a franquia mais antiga da AFC.
  • Dallas Cowboys- Esta é daquelas equipas mesmo clássicas. Como aquele tio que está sempre no café e toda a gente o cumprimenta. Os Cowboys são conhecidos como “America’s Team”. A equipa de Dallas no Texas teve grande sucesso nos anos 70 e 90, com 5 títulos conquistados e 8 aparições nas finais.

Não é só de história que se fazem os favoritos aos títulos, tanto que, como viste das 3 equipas mais premiadas, apenas 1 venceu esta década. A prestação e o plantel de cada equipa levam-me a acreditar que estes são os candidatos ao Super Bowl de 2021:

Kansas City Chiefs- A equipa do Kansas tem um dos ataques mais potentes da NFL e é a atual campeã. Sob o comando de Andy Reid, é uma equipa avassaladora em pontuação e conquista de jardas. Especialmente com o melhor quarterback da temporada a seu dispor: Patrick Mahomes (MVP 18/19). Temos muito para ver desta equipa que pode dar trabalho aos adversários, principalmente no setor defensivo.

Baltimore Ravens- A equipa de Maryland que joga na AFC, é uma das equipas que tem vindo a surpreender muito. O quarterback Lamar Jackson é bastante jovem e tem demonstrado um progresso enorme, voltando cada ano mais maduro. A sua precisão de passe também é um “terror” para o adversário. Os Ravens são então das equipas mais coesas da competição, o que os torna um perigo para as outras equipas e consequentemente um possível candidato ao título do próximo ano.

Seattle Seahawks- A equipa de Seattle teve uma ascensão de qualidade nesta temporada e encontra-se na corrida pelo título. Com o segundo melhor quarterback da NFL, Russel Wilson, o ataque do Seahawks é bastante potente e uma ameaça para os seus adversários. Mas não fica por aí. A entrada de Jamal Adams, um safety de grande qualidade proveniente dos Jets, os linebackers têm um jogo muito mais solto, promovendo assim um jogo muito mais corrido. É uma equipa com grande dinâmica e muito interessante de ver como se vai sair esta temporada.  

E para ti quem é o vencedor desta temporada da NFL?

Similar Posts

Leave a Reply

%d bloggers like this: