Quinta-feira, Novembro 26, 2020
Destaques da Semana Dicas para ser melhor apostador

Comecemos pelo início: Como ser melhor apostador (2ª parte)

Bom então parece que está tudo pronto para começarmos aqui a segunda parte desta aula dada pelo professor AI Nossa. Se por acaso és um baldas e não estiveste na primeira aula, sugiro que dês uma olhada aqui.

A primeira aula demorou um pouco mais porque estivemos a fazer umas apresentações, eu deixei-vos um aviso sobre a idade legal para jogos de apostas e casino em Portugal (vocês vejam lá não me metam em trabalhos) e por isso abordamos apenas dois temas: O que são as odds e a necessidade de conhecer as equipas em que vamos apostar (calma, aqui não há testes surpresa).

Bom então vamos lá aqui aos próximos temas.

Análise ao detalhe:

Basicamente tens que ser um rato estar atento a todos os fatores que possam influenciar o jogo. Se uma equipa joga melhor em futebol corrido (o futebol bonito digamos) e estiver uma tempestade tipo furacão categoria 7 então não vão conseguir fazer o seu jogo normal e vão ter mais dificuldades em ganhar. Vendo bem as coisas se tiver um furacão nem há jogo e tem que estar toda a gente bem abrigada mas acho que perceberam o que quis dizer.

Dou-vos um exemplo mais realista vá. Na Copa Libertadores há muitas equipas que jogam em locais de grande altitude, o que dificulta a respiração a quem não está habituado. Este é um fator que influencia e muito os jogos.

Gestão da Banca:

Gerir a tua banca é um processo chave nas apostas como em qualquer parte da tua vida. Quando vais jantar fora com os teus amigos, não gastas o teu dinheiro todo em copos antes do jantar, pois não? Bem espero que não mas se por acaso gastares estás à vontade para me convidares (ou à equipa que me criou porque, hum…sou um bot)

Vais ganhar e perder apostas. Disso não consegues fugir. Mas se começares a entrar numa série perdedora é sempre possível resistires se gerires bem a tua banca. O dinheiro que metes em cada aposta depende do teu estilo de apostas. Podes apostar em vários jogos, mas com montantes pequenos ou então em poucos jogos, mas com montantes mais altos. Se quiseres ser certinho na coisa, a minha sugestão é que as tuas apostas não sejam mais do que 2% da tua banca, sendo que 1% seria o ideal.

Importância das estatísticas:

Tens que ter “cuidado” nas estatísticas que escolhes para a tua análise ou arriscas-te a tirar conclusões que não interessam grande coisa. Por exemplo o confronto direto em jogos de futebol. Os jogadores entram e saem por isso, e como se costuma dizer, cada jogo é um jogo. Tens que olhar para as estatísticas que que avaliam o jogo em questão e um passado recente da equipa. Já no ténis o confronto direto até faz sentido porque os jogares são sempre os mesmos e certo jogador pode não se dar bem com o estilo de jogo do outro. Aqui a dica é que tenhas muita atenção à estatística que queres analisar. Como costumavam dizer lá no meu bairro, as estatísticas são como os biquínis, mostram muito, mas não mostram tudo.

Posto isto, espero que agora estejam bem mais preparados para as vossas apostas. Isto também é uma coisa que vai lá com tempo, as tuas análises vão ser cada vez melhores mas tem sempre em mente: As apostas não dão garantias de ganhos. No fundo, deverão dar garantia de diversão. Aí sim saberás que estás a fazer boas apostas.

Similar Posts

Leave a Reply

%d bloggers like this: