Segunda-feira, Dezembro 5, 2022
Novos Valores

Julián Álvarez – A pérola argentina na rota da Europa

O River Plate sagrou-se recentemente campeão argentino e Julián Álvarez foi um dos principais talismãs de Marcelo Gallardo.

Álvarez é um jovem avançado de 21 anos, que esta temporada marcou 17 golos e registou 7 assistências em 19 jogo para o campeonato. Julián já havia sido campeão da Copa América no verão e junta agora um tofréu da Superliga Argentina ao seu palmarés.

O jovem argentino foi a estrela do campeonato e diversos rumores indiciam que vários gigantes europeus estão interessados na jóia do River, entre eles Inter, Milan, Atlético, Fiorentina e Bayer Leverkusen.

Perfil de Jogador

Álvarez é um avançado muito móvel e capaz nos vários momentos do jogo. É muito forte a finalizar e ao mesmo tempo é um excelente criador de jogo. Julián joga como avançado centro no River Plate mas tem características para jogar também como extremo (interior) direito, algo que irá ser abordado no final.

Álvarez está longe de ter uma estampa física comum dos avançados centro fixos. Com 1,70m, revela uma excelente resistência ao toque e capacidade de reter a bola. Tem uma aceleração, agilidade e equilíbrio muito positivos, algo que o torna muito forte em espaços curtos.

No aspeto mental, Julián mostra-se bastante desenvolvido para a sua idade, e já revela uma visão de jogo, tomada de decisão e compostura muito evoluídas. Associado a isso, aos 21 anos foi o destaque do título de campeão do River e não revela ter problemas em assumir e ser a principal figura da equipa.

Momento Defensivo

Álvarez é um jogador com uma qualidade enorme e destaca-se integralmente pela sua relação com bola, mas o processo defensivo de um avançado é cada vez mais importante e essencial na avaliação de um jogador.

Neste aspeto, Julián é um jogador muito comprometido com o grupo e inteligente na pressão e no desarme, somando 3.2 recuperações de bola por jogo.

Momento Ofensivo

Julián Álvarez é, como já foi referido anteriormente, um avançado centro muito móvel e completo, sendo capaz de influenciar o jogo com e sem bola, através do passe e da finalização, e é um jogador tecnicamente muito forte, revelando já uma consistência técnica bastante positiva para a sua idade.

No aspeto da criação, Álvarez revela, como já foi descrito, uma visão de jogo bastante desenvolvida. Para além disso, é algo constante no seu jogo recuar no terreno e associar-se com os colegas, algo que faz bastante bem e sem quaisquer problemas. No último passe, revela ser também muito forte, algo associado a uma tomada de decisão e trabalho de equipa muito bom, não tendo qualquer problema em colocar o coletivo acima do individual.

Apesar de de ser muito forte a criar jogo e não ter o perfil normal de um avançado centro, Álvarez mostra-se também bastante capaz em frente à baliza. Possui uma movimentação muito positiva e finaliza bastante bem, sendo bastante completo neste aspeto, com capacidade de finalizar em situações diferentes e de várias formas. Os 17 golos através de aproximadamente 8.61 xG, uma diferença positiva de 8.39 são prova disso.

Conclusão

Julián Álvarez é o jogador do momento na Argentina e depois de uma temporada excelente, tem vários tubarões europeus atrás de si. Neste momento tem todas as condições para dar o salto e é bastante provável que isso venha acontecer já no mercado de transferências em janeiro ou no verão.

Ainda assim, o salto para um contexto superior irá fazer-se sentir e tendo em conta o perfil do jogador, será mais adequado assumir uma posição mais aberta, mas sempre com possibilidades de pisar terrenos interiores e de ter influência em zonas de decisão, que é onde consegue fazer a diferença.

Similar Posts

Leave a Reply

%d bloggers like this: